mosteiro de s. martinho de tibães

2009 | Braga

O Mosteiro de São Martinho de Tibães, localizado perto da cidade de Braga, em Portugal, antiga Casa Mãe da Congregação Beneditina Portuguesa, foi adquirido pelo Estado Português em 1986. Foi objeto de uma operação integrada de restauro, recuperação e reabilitação, que, de maneira faseada, resgatou a propriedade e a devolveu à comunidade.

 

O projeto de recuperação e reabilitação do noviciado, da ala sul e do claustro do refeitório abrange o antigo claustro do refeitório, que foi destruído por um grande incêndio no final do século XIX, o noviciado, o hospício e parte da ala sul, incluindo o livraria, a cozinha e espaços anexos. O objetivo é de recuperar e restaurar grande parte dos espaços para integrar o circuito de visitação do mosteiro (claustro do cemitério, cozinhas e espaços adjacentes); a instalação de um centro de estudos de ordem monástica e jardins históricos no último andar da ala sul e o restabelecimento de uma comunidade religiosa no ex-noviciado, que administrará uma pequena casa de hóspedes e um restaurante que serão instalados no antigo asilo.

 

Grande parte da estrutura arquitetónica existente foi recuperada e reabilitada, permanecendo espacialmente inalterada. Um novo corpo foi construído, enterrado sob o claustro do refeitório, com acesso a partir do passadiço. A ligação entre o corredor da livraria e o claustro do cemitério da ala sul foi substituída. Foram construídos novos pisos, bem como paredes divisórias, telhados e toda a infraestrutura necessária para sua operação. A área correspondente aos antigos estábulos também foi recuperada para a instalação de uma loja e um centro museológico.

promotor:

coordenação:

prémios:

fotografia:

Direcção Regional de Cultura do Norte (DRCN)

Arq. João Carlos dos Santos | DRCN/DSBC

Gold Medal na BIENAL DE ARQUITECTURA MIAMI+BEACH 2009, EUA, na categoria "Restauration" | Atribuída pelo Instituto Americano de Arquitectos (AIA), pela Sociedade Americana de Arquitectos Paisagistas (ASLA) e pela Federação Pan-Americana de Associações de Arquitectos (PAFAA) Nomeação para o PRÉMIO EUROPANOSTRA 2010

Luís Ferreira Alves