vitória 225

2016 | Porto

No Centro Histórico do Porto, surge a oportunidade de criar um edifício de habitação contemporâneo capaz de se inserir urbanisticamente na morfologia da cidade. Sendo da mesma autoria dos proprietários do edifício vizinho, o projeto foi pensado de modo a criar novos espaços de extensão à sua habitação própria, dando ainda lugar a dois estúdios.

 

O desafio era criar um edifício que se adaptasse ao relevo acentuado do terreno vago situado na Rua da Vitória, uma das ruas mais antigas da cidade, e que tirasse proveito da vista privilegiada aberta à paisagem urbana deste Património Cultural. O edifício respeita o alinhamento das construções vizinhas e do arruamento, adaptando-se à morfologia do terreno, e aproveitando a diferença de cotas para construir dois pisos abaixo do nível da rua.

 

Na totalidade existem quatro pisos, sendo dois pisos acima do arruamento, alinhados pelas cotas de cumeeira dos edifícios vizinhos, dando continuidade ao perfil urbano existente. O acesso ao interior da habitação faz-se diretamente a partir do arruamento, onde se localiza o primeiro estúdio. O piso superior, acessível pelo edifício adjacente, é composto por uma suite e uma varanda. No piso inferior localiza-se o segundo estúdio com a mesma distribuição que o primeiro. No logradouro localizam-se os espaços de apoio, comunicando com ambos os edifícios.

 

O novo edifício abre-se totalmente à cidade na sua frente a Sudeste, possuindo largas aberturas, e uma varanda panorâmica no último piso, para que se possa usufruir da paisagem sobre a cidade. Esta frente mais rasgada, contrasta com a frente a Noroeste para o arruamento, que é mais fechada devido à proximidade que a construção tem com os edifícios vizinhos.

 

Por se tratar de uma construção nova, os materiais e as técnicas de construção utilizados foram de acordo com as práticas atuais. A nova construção apresenta uma volumetria totalmente moldada à realidade existente, e ao mesmo tempo adota uma imagem contemporânea, que oferece aos seus utilizadores uma experiência visual e arquitetónica única.

fotografia:

Alberto Plácido